“O Salone” nasce do desejo de homenagear a palhaçaria dos circos brasileiros através da releitura de números clássicos, costurados pela rotina de um salão de beleza. Após estrear em 2010 em duas praças de Salvador/BA, o espetáculo realizou temporadas em salas de teatro na capital e no interior do estado. 

 

No mesmo ano, “O Salone” foi convidado pelo SESC Petrolina/PE para integrar a programação da sexta edição do Festival Aldeia do Velho Chico. Em 2012, o espetáculo ganhou a direção de João Lima realizou suas primeiras temporadas em teatro, em Salvador e Feira de Santana/BA, cidade à qual retornou para integrar a programação da Edição Especial FENATIFS (Festival Nacional de Teatro Infantil de Feira de Santana). Em 2013, o espetáculo circula junto com “É das palhaças que eles gostam mais” por quatro bairros do Subúrbio Ferroviário de Salvador, pelo Edital Setorial de Circo, da Secretaria de Cultura do Estado da Bahia. 

 

Indicado para todas as idades, “O Salone” é querido do público infantil e já foi apresentado em festivais na Bahia e em Pernambuco, além de ter circulado por oito bairros da cidade de Salvador.

 

SINOPSE:

Furabolo é a atrapalhada funcionária de um salão de beleza que sonha em se tornar uma estrela. Tem pela frente o impaciente Peitchola, um patrão nada fácil que está ansioso pela chegada de Floricota Polanski, uma ilustre cliente. Uma sequência de engraçadas confusões e a música ao vivo dão o tom do espetáculo, que promete arrancar risos da plateia. 

 

FICHA TÉCNICA:

Criação: Nariz de Cogumelo 

Direção: João Lima

Contra-regragem: Luiza Bocca e Viviane Abreu

Palhaços: Laili Flórez, Larissa Uerba e Lucas Couto

Músicos: Diogo Flórez e Pedro Vieira

Equipe para viagens: 7 pessoas

 

*Para maiores informações sobre o espetáculo: 

 O Salone 

palhaço - circo - teatro - comédia - rua - cabaré - música (e gente bonita e simpática!)